Nunca imaginei que realizar um sonho, mesmo que tenha sido algo batalhado, com gosto de conquista, causasse uma crise inconsciente de pânico. Aliás pânico é uma palavra bastante exagerada, prefiro usar a expressão “um certo desconforto”.Cheguei à conclusão de que nunca estamos realmente preparados para mudanças grandes, pois priorizamos o espírito prático e o lado emocional smpre fica em segundo plano. Na verdade, dentro de nós, razão e emoção estão atrelados e muitas vezes, não conseguimos vislumbrar com clareza os sentimentos que nos acometem. Sair da zona de conforto não é fácil. E não há problema em pedir ajuda a quem pode simplesmente nos ouvir. Saber reconhecer nossas limitações é importante, mas melhor mesmo é ao menos tentar. Não ter medo de errar é ótimo pois só erra quem faz. Só faz quem não tem medo ou quem consegue enfrentar seus fantasmas dizendo: eu posso! Vale a pena.
Related Articles

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.