SUTILMENTE

E quando eu estiver
Triste
Simplesmente
Me abrace
Quando eu estiver
Louco
Subitamente
Se afaste

Quando eu estiver
Fogo
Suavemente
Se encaixe
E quando eu estiver
Bobo
Sutilmente
Disfarce

Mas quando eu estiver
Morto
Suplico que não me mate não
Dentro de ti
Mesmo que o mundo
Acabe enfim
Dentro de tudo
Que cabe em ti.

Fui buscar nas palavras de Samuel Rosa e
Nando Reis a tradução para a minha dor de hoje.
Um vazio como um buraco negro se formou em mim.

3 thoughts to “O fantasma que se foi e o que ficou em mim!

  • graziani

    🙂
    Esse é o fardo daqueles que sentem o o universo…
    né não, sentir em demasia…
    Por isso que tem gente que come demais, enche a barriga pensando que está enchendo a alma…
    bj amiga, se sinta vazia não pq muitos te amam.

    Responder
  • Vitor Oliveira Jorge

    Conhece o meu blogue? Tem muitos poemas e outras coisas que julgo interessantes…inscreva-se como seguidora!
    http://trans-ferir.blogspot.com
    Saudações
    Vitor O. Jorge

    Responder
  • Nasci

    blog bem legal, virei mais vezes…
    tudo de bom

    Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.