Há dias em que vestir a persona que a sociedade exige é tão pesado que justifica a vontade de não levantar, de não acordar….de não ser!


Forte e realista cartoon sobre depressão

O desafio da tela em branco. Jamais encarei como um problema. Mas passou  a ser tormenta a partir do momento em que simplesmente deixei de registrar as frases, ideias e pensamentos que supostamente poderiam servir para algo porque a inércia vencia qualquer tipo de vontade ou esforço. Perdi esse prazer que me deixava tão leve, e que me permitia uma catarse tão necessária. Com isso desaprendi a ter vontade, a me sentir motivada, a querer ir… pra onde mesmo? Troquei o “por que não”? pelo “pra que”?

As pessoas dizem que entendem esse processo, mas não sabem de nada. Só um depressivo sabe o que é uma crise de depressão, entende que a angústia é física e dói. Conhece a estranha experiência de sentir como se todas as veias do corpo estivessem carregando nitrogênio líquido, congelando tudo.
A dor é fria, o coração gela, a alma congela. E é dessa coisa dolorida, congelada e sem perspectiva em que me transformo, é que é cobrado sorrisos, diplomacia, presença.
As pessoas que realmente me conhecem, sabem o que se passa. Podem, com todo o direito, nao entender exatamente o que se passa, mas me aceitam assim como sou. Já as que pensam que me conhecem e que me rotulam com adjetivos  diversos e na sua maioria injustos, saibam que se não têm a sensibilidade em me perceber, tenham pelo menos a delicadeza e o bom senso de não me atrapalhar. E sinceramente, se possível, me deixem em paz!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.