Papéis, dezenas deles, com rabiscos, com frases escritas pelas metades, com números de telefones que você não faz a menor idéia a quem possa pertencer. E a enormidade de brincos que há tempos esperam por seu par, que foi perdido numa festa, numa mudança ou sabe-se Deus lá como? E os estojos de maquiagem,  comprados por impulso, com sombras jamais usadas, blushs vencidos e batons de várias cores, até repetidos somados a embalagens vazias que mostram por suas marcas o que já foi batom um dia. Nós guardamos TUDO.
Eu poderia falar sobre tantos outros badulaques que juntamos ao longo do tempo, mas o que descrevo acima poderia estar simplesmente numa bolsa ou numa gaveta. E isso é somente uma amostra do que fazemos com nossa vida.
Vamos juntando coisas para resolver depois, acumulando pendências e algumas acabam esquecidas, como o número de telefone escrito no papel sem saber de quem é. Essas tralhas vão fazendo volume e virando fardo, pesando ao ser carregado e nos tornando mais cansados. Por isso, devemos parar, olhar para nossas “gavetas” e fazer uma faxina jogando fora aquilo que não nos traz mais nada de bom, aquilo que acabou. Se tem mais utilidade para outro, doe. Doe, não somente aquilo que não te serve mais, mas doe-se mais. Quando estamos mais leves tudo fica mais fácil. Nada muda se você não mudar.
Nota: Escolhí a foto do filme “Amelie Poulain” não só por ser apaixonada por ele, mas pela expressão deliciosa da personagem que achei que cabia bem com o título do post.

2 thoughts to “Repaginar a vida!

  • Bia Saltarelli

    AMEI!
    Tô precisando dar uma (ou várias!) repaginada mesmo!!
    Bjos!

    Responder
  • Anônimo

    usando um pouco de Zéca…

    Isso… Não se deixe mais ficar tristinha, assim meio sem graça.
    Não se permita ficar sozinha, solitária feito um paulistano.
    Fique sim, mais boba que banda de rock, mais alegre que qualquer palhaço do vostok.
    Começe então sua faxina. Brinque, ria, aprenda alguns novos palavrões, tagarele além da conta, enfim…
    Libere aquela vontade danada (guardada).. Vá mudando.

    Brigadão ai pela ajuda Zéca.
    (Etienne)

    Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.