Livros

  • Dia nacional do livro infantil

    A data foi criada em 2002 em homenagem a Monteiro Lobato que foi um dos principais autores da Literatura Infanto-Juvenil Brasileira .
    Nascido na cidade de Taubaté, em São Paulo (SP), José Bento Renato Monteiro Lobato foi um dos mais influentes escritores brasileiros do século XX, importante editor de livros inéditos e autor de relevantes traduções. Após sua morte, em julho de 1948, suas obras foram eternizadas na literatura brasileira e são, ainda hoje, leitura obrigatória na educação básica brasileira.
    Personagens criados por Monteiro Lobato – “Sítio do Pica-Pau  Amarelo”
    Monteiro Lobato morreu em 4 de julho de 1948, aos 66 anos de idade, e no ano de 2002 foi criada uma Lei (10.402/02) que registrou o seu nascimento como data oficial da literatura infanto-juvenil.
    Homenagem de Maurício de Souza ao Dia Nacional do Livro

    Homenagens postadas no Facebook
    Homenagens postadas no Facebook
  • Bienal do Livro de Minas

    De 18 a 27 de maio no Expominas – BH
  • O Sapo Sapeca virando arte nas mãos das crianças

    O sapo Sapeca na versão chapéu feito pelas crianças de 3 anos, alunos da professora Camila.

    Difícil saber qual ficou mais fofo.
     Aí estão as fotos dos trabalhinhos dos alunos de uma escola de BH. A professora Camila leu o livro do Sapo que queria mudar de cor para os pequenos de 3 anos.  Como atividade eles fizeram um chapéuzinho em forma de sapo e cada criança escolheu a cor para o sapo. Aí estão as versões vermelha e azul de sapeca. Eu adorei. E vocês?
  • Exposição no Diamond Mall

    Conversando com as crianças antes de contar história
    Apesar do espaço ser extremamente bem localizado dentro do shopping, sentí um pouco a interferência do barulho do movimento normal do local. Não atrapalhou muito, porque o número de crianças era limitado, mas um microfone faria toda a diferença.
    Painel Central do Shopping
    Totens com painéis em exposição
  • Leitura na praça – Colégio Dona Clara

    O Colégio Dona Clara tem um projeto muito interessante: o leitura na praça. Ele tem o intuito de envolver a comunidade em atividades culturais diversas promovendo uma maior integração da mesma e despertar o interesse pela leitura. Para isso monta uma biblioteca/estande, que é também espaço de leitura onde as pessoas podem ler e/ou pegar livros emprestados. É importante salientar que toda a mão-de-obra empregada é voluntária. São eles quem dão vida e fazem o evento acontecer.

    Tenda/ espaço de leitura

    Cláudia Braga responde a perguntas das crianças e doa livro para sorteio

    Explicando o processo de criação de livro infantil